Bom Samaritano recebe mais uma vez verba da Justiça Federal para curso de Pallets aos Egressos

Seis entidade que prestam serviços de acolhimento a egressos do sistema penitenciário receberam recursos da Justiça Federal de São Carlos. Os repasses foram anunciados na tarde de ontem, 23. Esse é a segunda destinação de recursos promovida pelo juizado da 1ª Vara Federal. No ano passado, foram R$62 mil e quatro entidades beneficiadas. “Há uma regulamentação do Conselho nacional de Justiça (CNJ) sugerindo que os recursos depositados em contas por penas alternativas, presos que tiveram a pena privativa de liberdade, convertida em pena restritiva de direito, no caso a prestação pecuniária, sejam destinadas a entidades com a finalidade social. primeiro, as entidades, que tenham o cunha de acolhimento dos egressos. Essas têm a preferência. Depois, satisfeitas essas entidades, vêm aquelas de acolhimento de idosos e jovens”, esclareceu. Beneficiadas Umas das entidades beneficiadas – e que lida com egressos – é a Bom Samaritano, que pretende montar oficina para ministrar artesanato com pallets. São R$ 23.066. “É uma oportunidade para a sociedade adquirir a produção dos egressos, o que se transforma numa maneira de inseri-los na sociedade”, disse o representante da entidade, Cosme Roncon.

O Salesianos São Carlos, que trabalha na Liberdade Assistida de adolescentes que se envolveram em crimes, será beneficiada com R$43,9mil para a modernização do sistema de tecnologia da informação. A presidente do Fundo Social de Solidariedade, Lucinha Garcia, também participou do evento de destinação de recursos. O município vai receber R$6,6mil para desenvolver o curso básico de garçom.
“O Fundo Social de solidariedade promoveu 14 cursos nesse ano e uma das demandas detectadas é o básico de garçom”, explicou.
A ONG Nave Sal da Terra será beneficiada com R$16,6 mil para desenvolver projeto de educação, cultura, esporte e lazer para 370 crianças em situação de vulnerabilidade. “A procura por atendimento aumentou nos últimos anos e com esses recursos vamos adquirir equipamentos para a cozinha. O dinheiro vem em boa hora”, afirmou a representante da entidade, Lúcia Nordi. O Cantinho Fraterno Dona Maria Jacinta vai receber R$ 18.490. “Os recursos serão usados para adquirir equipamentos para a cozinha. Assim, podemos melhorar as refeições servidas aos idosos”, disse a presidente Maria Amélia Semensato.
A Multi Esporte, que desenvolve atividades esportivas com crianças carentes do Monte Carlos, vai receber R$ 22.064 para a uniformização dos alunos. “As entidades prestam contas ao Tribunal de Contas da União, responsável por auditar o uso do recurso”, destacou o juiz Ricardo Uberto Rodrigues.

Fonte: Jornal Primeira Página – 24/07/2019

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *